sábado, 29 de outubro de 2016

Paredes apareceram

Dia 17 começaram assentar os primeiros tijolos, foram 10 dias úteis de trabalho, agora já consigo ver as delimitações dos cômodos da casa.
Já tenho pronto o orçamento da laje e ferragens do andar superior, daqui uns 8 dias temos como previsão a montagem da laje.
Estou com a impressão de que os cômodos não pequenos, fiquei um pouco decepcionada com o tamanho, mas meu marido é super otimista e logo me disse que está ótimo, que é do tamanho que podemos e que a casa é para duas pessoas, não há necessidade de casa maior.

Primeira semana





Segunda semana




FUNDAÇÃO

Mais um pequeno e grande avanço ...  pequeno, perto de tudo que ainda vem pela frente e grande, porque é uma das partes mais importantes de uma obra.
Ahhhh, uma etapa que  pouco aparece e muito se  gasta.
Pouco aparece porque nosso suado din din fica enterrado.
Muito se gasta porque ferragem e concreto são materiais caros numa obra.
Demora pra chegar nessa etapa porque a preparação do solo inclui desde a terraplanagem até a concretagem e estamos repletos de ansiedade para ver o sonho virar realidade.
Enfim foram 15 dias para a fundação, desde a escavação das vigas e sapatas, perfuração das brocas, colocação das ferragens e concretagem.
Para quem não tem conhecimento de obra e fundação,  podemos comparar essa etapa com as raízes de uma árvore bem grande. Imagine uma árvore imensa sem raízes, com uma grande copa, pesada, num local onde pode haver muito vento e pequenas movimentações do solo. Pois bem, essa árvore pode começar a tombar com o passar do tempo e chegar até a cair.
Usando da analogia acima, uma casa sem uma boa fundação  pode começar a ter rachaduras no reboco, na estrutura das paredes e pisos e pode chegar até a cair. Além disso, também é muito importante  a medição do terreno para que a fundação acompanhe exatamente o projeto.  Tudo aquilo que foi feito no papel passa a valer em solo firme. Ela  precisa ser exatamente o que foi planejado.
Vamos aos dados. Foram feitas 26 brocas com 6 metros de profundidade, escavadas 18 vigas com diversas medidas e 23 sapatas.

Gastos:
Ferragem – R$ 4.990,00 (incluindo os pilares/colunas)
Concreto e bomba – R$ 4.080,00 (R$ 235,00/m³)
Perfuração das brocas – R$ 2.000,00 
Total – R$ 11.070,00

No último post coloquei como meta o mês inteiro de outubro para essa etapa, no entanto dia 15 concretamos o alicerce e dia 17 as paredes começaram a aparecer.

Próximo post paredes!!! Uhuuuuu